O prefeito Arthur Neto deu uma lição de civilidade, democracia e respeito durante a passagem de Fernando Haddad em Manaus. Enquanto esquerda e direita se xingavam nas redes sociais, o tucano deu as boas vindas ao petista. PSDB e PT foram nos últimos anos os maiores rivais da política brasileira.  “Não trabalho com sectarismo. É um adversário que respeito e que sempre me respeitou. Eleição passou, estou preocupado em cumprir minhas obrigações e manter meu caráter plural. Ele é muito bem-vindo em Manaus. Faz parte da democracia e faz parte da minha relação com ele”, declarou Arthur, diplomata de formação e de fato.

BUFÃO

Não aconteceu o encontro entre os dois, mas o próprio Haddad poderia ouvir as palavras de Arthur. Sua passagem em Manaus ficou marcada por ataques a Bolsonaro, jogando mais gasolina na fogueira que queima o Brasil. Enquanto o País vira cinza, os dois lados gastam saliva com discursos inúteis. “A gente olha para o Bolsonaro e vê um Bufão. E pior, um bufão que não respeita a democracia, pois não respeita ninguém que pense diferente dele. Mas, ele entendeu a nossa força e já está correndo atrás do dinheiro, pois dinheiro tem. Quem sabe agora, com ele aprendendo a educação, aprenda a respeitar alguém” disse Haddad. Cadê as propostas, Fernandinho?

DOMINGO TEM MAIS

Passada a Carava Lula Livre, chegou a vez de voltar as atenções para as manifestações a favor de Bolsonaro, neste domingo, em todo o Brasil. Na Ponta Negra, graças à democracia, chegou a vez de defender as reformas na Previdência, o direito à posse de arma, o combate à corrupção e saudar as agendas propostas pelo atual governo. É de se esperar, infelizmente, que esquerda e direita voltem a trocar insultos e deixem as ideias em segundo plano. Que pena. Se todo fizessem como Arthur Neto ao menos teríamos uma chance de praticar o diálogo.