Foi confirmada neste sábado, 23, quatro mortes na última semana por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) a informação é Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). A doença é causada pelo vírus da gripe Influenza A, H1N1.

Os casos registrados são um bebê de 11 meses, em Manaus; mulher hipertensa e diabética de 52 anos, em Manacapuru; uma mulher grávida, em Parintins e um homem de 37 anos, em Manaus.

Outros óbitos estão em investigação, segundo a FVS. Em todos os casos, os pacientes procuraram o serviço de saúde tardiamente. O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-FVS) confirmou na tarde da última sexta-feira (22) que o agente etiológico nos casos de óbito foi Influenza A, transmitida pelo H1N1.

Sintomas e recomendações

Considerada uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, a influenza é caracterizada por febre alta de início súbito, acompanhado por intensas dores musculares e articulares, dor de cabeça, dor de garganta e coriza.

A gripe é transmitida pessoa a pessoa, ao falar, tossir, espirrar, e pelas mãos que transmitem o vírus por contato direto ou contaminando superfície e objetos. Portanto, a FVS recomenda a lavagem frequente das mãos, o uso de álcool gel, evitar aglomerados e evitar a exposição de menores de cinco anos ao clima chuvoso.