A Prefeitura de Manaus, Governo do Estado, Ministério Público Federal (MPF), Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), Conselho Tutelar e diferentes atores da Sociedade Civil realizaram na madrugada desta sexta-feira (29), o acolhimento de venezuelanos indígenas e não indígenas que estavam acampados no entorno da rodoviária de Manaus.

Os venezuelanos acolhidos foram idosos, mulheres, gestantes e famílias com crianças. Eles foram levados para dois espaços de acolhimento provisório da Prefeitura de Manaus. Antes da transferência da rodoviária para os abrigos de acolhimento,

Durante o trabalho de sensibilização, foi sinalizado que eles iriam para os espaços de acolhimento da Prefeitura de Manaus. Nos acolhimentos, há todo um trabalho desenvolvido por uma equipe multidisciplinar (assistentes sociais, psicólogos e outros profissionais), além de alimentação e encaminhamento para rede socioassistencial.