Atividades gratuitas para crianças

//Atividades gratuitas para crianças

 

O público infantil vai contar uma programação gratuita muito especial no mês de novembro, o Centro Cultural Usina Chaminé, localizado na Avenida Manaus Moderna, Centro, terá brincadeiras lúdicas e tradicionais.

A programação ocorre sempre das 10h às 13h45, até o dia 16/11. Para realizar o agendamento de atividades, coordenadores de escolas podem entrar em contato com a Central Pedagógica da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), ou enviar um e-mail para usinachamine@culturamazonas.am.gov.br.

A Usina Chaminé conta com um acervo de exposições, temporárias e permanentes, além de espaços com equipamentos destinados a atividades para as crianças, como apresentações com fantoches, oficinas de arte e de teatro. Para visitação, a Usina Chaminé funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 14h e sábado, das 9h às 13h.

  

Oficina do “Natal Sustentável” é estendida

A oficina de reaproveitamento de resíduos sólidos, realizada pela Prefeitura de Manaus, no Espaço da Cidadania Ambiental do Uai Shopping São José, na Zona Leste, que deveria ser encerrada nesta terça-feira, 31/10, será estendida por mais uma semana devido à grande procura por inscrições.

Essa é a 14ª oficina realizada este ano, dentro do trabalho promovido pela Divisão de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), com a finalidade de estimular a prática do reaproveitamento de resíduos junto à população.

Os interessados em aprender a confeccionar peças de decoração natalina utilizando materiais como garrafas pet, jornal, papelão, entre outros resíduos, podem ir até o Ecam do Shopping São José, e participar das aulas até o próximo dia 7 de novembro.

 Manaus recebe verba

 

O Ministério da Saúde anunciou que Manaus vai receber recursos federais para conter avanço da doença sífilis. A verba de R$ 200 milhões é destinada para 100 cidades que concentram 60% dos casos da doença no país.

Os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) trabalharão de forma integrada para fortalecer diagnóstico, vigilância epidemiológica, tratamento, assistência, pesquisa e comunicação.