Atleta da base do Flamengo em estado mais grave entre os feridos no incêndio do Centro de Treinamento Ninho do Urubu, o garoto Jhonata Cruz Ventura, de 15 anos, acordou pela primeira vez desde a tragédia, segundo o boletim médico divulgado nesta terça-feira (12/2).
O estado de saúde do atleta foi divulgado pelo Hospital Municipal Dom Pedro II e o boletim foi assinado pelos médicos Carlos Alberto Jr, diretor médico, e Bianca Ohana, chefe do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ). Neles, eles afirmam que Jhonata está “sem sedação, acordado e atendendo a comandos simples ao exame clínico”.
Ainda segundo os médicos, ele apresenta melhora evolutiva dos parâmetros ventilatórios e estabilidade hemodinâmica. “Foi submetido na manhã de hoje (terça, 12/2) a mais um banho das queimaduras mais profundas e curativos, mostrando melhora de algumas lesões. Segue aos cuidados de terapia intensiva no CTQ”, conclui.
Dos três feridos, Jonathan é o que apresenta o quadro mais grave, já que está com cerca de 35% do corpo queimado. O incêndio no Ninho do Urubu causou a morte de dez atletas da base do Flamengo na última sexta-feira (8/2).