O presidente Jair Bolsonaro foi submetido a passagem de sonda nasogástrica e suspenderam a dieta oral, afirmou na manhã desta quarta-feira (11) boletim médico do Hospital Vila Nova Star. Bolsonaro está internado no centro médico desde domingo (8), quando retirou corrigiu uma hérnia.

Na segunda-feira, a dieta de Bolsonaro passou a ser líquida. Segundo a equipe médica, a previsão inicial era que ele passasse a consumir alimentos pastosos entre terça e quarta, mas um exame de raio-x mostrou que o presidente estava com muito ar no estômago e no intestino. Por isso, a dieta oral foi suspensa.

O médico Antônio Luiz Macedo explicou que o quadro não é uma intercorrência ou piora, mas uma resposta natural do intestino. Segundo o cirurgião, já havia acontecido após as outras operações.

A sonda serve apenas para a retirada do ar. A alimentação está sendo exclusivamente pela veia. Macedo acrescentou que Bolsonaro já evacuou, e que os exames laboratoriais estão todos bons, sem indicativo de infecção.

No início da tarde desta quarta, Bolsonaro publicou em sua conta no Twitter o boletim médico divulgado pela manhã acompanhado de uma foto sua em que aparece a sonda no nariz.