O Amazonas vai receber a primeira visita do vice-presidente da república, Hamilton Mourão, desde que o presidente Jair Bolsonaro o indicou para ser o presidente do Conselho do Amazonas.  Mourão é esperado na próxima semana em Manaus e deve ir também a São Gabriel da Cachoeira. Filho de amazonense e profundo conhecedor da Floresta Amazônica, será o primeiro passo para implementar as políticas especiais para a nossa região.

Mourão afirmou que as ações do Conselho vão reunir cerca de dez ministérios. O vice-presidente acrescentou que as medidas necessárias para a criação e envio para a Amazônia da Força Nacional Ambiental estão em estudo no Ministério da Justiça. “Os recursos (para o Conselho da Amazônia) são os que já estão nos ministérios e, posteriormente, a gente pode buscar recursos no exterior com a via do Fundo Amazônia. Isso está em estudo. Acredito que até semana que vem”, disse Mourão, ao ser perguntado sobre o prazo para a publicação do decreto.

O presidente Jair Bolsonaro determinou hoje  a criação do Conselho da Amazônia, a ser coordenado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Em publicação no Twitter, Bolsonaro explicou que será utilizada a própria estrutura da Vice-Presidência. O objetivo do conselho será coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia. “Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”, escreveu o presidente.