O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se reuniu hoje de manhã com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Palácio da Alvorada. Foi o primeiro encontro entre eles desde o vazamento de mensagens privadas entre Moro, quando era juiz federal responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, e integrantes da força-tarefa que podem colocar em xeque sua isenção nos processos. De lancha, eles seguiram para evento da Marinha, no qual Moro foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Naval. Os dois sentaram lado a lado durante a cerimônia, que teve a participação de outros 13 ministros como Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Ernesto Araújo (Itamaraty).

O evento na Marinha começou pouco após às 10h e 180 pessoas, civis e militares, brasileiras e estrangeiras foram condecoradas com a medalha do Ordem do Mérito Naval. Além de Moro, entre os condecorados estavam outros 13 ministros, o advogado-geral da União e o presidente do Banco Central, estes últimos com status de ministro. Dois dos filhos de Bolsonaro, Carlos e Flávio, também receberam a medalha no evento.