Cachaçada não combina com queda livre

//Cachaçada não combina com queda livre

Foto: Divulgação

O negócio ficou sinistro na noite desta terça-feira (5), em um apartamento do Conjunto mais badalado de Manaus, conhecido por todos como Viver Melhor II, na zona Norte, onde só acontece coisa ‘xibata no balde’ toda semana. A bronca foi o seguinte, duas blindadas estavam tomando todas as cachaças possíveis para esquecer os problemas, quando do nada uma jovem de 20 anos, caiu do quarto andar do prédio.

Segundo os tiras, a amiga da onça que estava no apartamento do mal, é suspeita de ter empurrado a moça. Já a suspeita nega e diz que foi um acidente, só isso. O fato aconteceu por volta das 19h, a mulher caída foi atendida pela equipe do Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.

A família da vítima, afirma que ela foi empurrada, a suspeita que não teve o nome divulgado, vai permanecer guardada na cela do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) até o fim da perícia. A mulher permanece internada em estado grave no Hospital e Pronto Socorro  João Lúcio na zona Leste da cidade. Ninguém sabe o motivo do “acidente”.

 

Bo 2 – Corrida contra o crime

Foto: Divulgação

Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) desencadeou a operação “Impacto de Segurança” em bairros da zona Sul de Manaus, na manhã desta quarta-feira (6).

Vários mandados de prisão são de acusados de homicídios, roubos e furtos e envolvimento com o tráfico de drogas. Os presos serão levados para o prédio da Delegacia-Geral da Polícia Civil.

Morta com balaço no peito

Foto: Divulgação

Um bate-boca daqueles por dívidas de drogas, resultou na morte de uma mulher, Antônia Brito do Nascimento, 39, levou um balaço certeiro no peito, após sair correndo de um homem não identificado, na noite de terça-feira (5), no bairro Colônia Santo Antônio, na zona Norte da capital.

Antônio era usuária de drogas e estava alcoolizada no momento do crime, segundo os fofoqueiros de plantão.  O atirador fugiu e na garupa de um comparsa que o aguardava em motocicleta.

O crime foi registrado no 18° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

“Velho Jack” vai pra jaula

Foto: Divulgação

Um monstro de 68 anos, foi preso, ontem, 5, no bairro Nova Esperança, zona Oeste de Manaus, suspeito de estupro de vulnerável. O velhaco é acusado de estuprar a uma adolescente de 12 anos, neta da esposa dele.

O crime foi registrado na cidade de Boa Vista, Roraima, já que na época o idoso morava lá. A mãe da jovem, de 41 anos, foi quem registou o Boletim de Ocorrência, ela afirmou ter descoberto que o homem abusou sexualmente da filha, e, que também teria sido vítima do aposentado, junto com as irmãs.

Ele foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), ele ficará provisoriamente no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), antes de ser transferido para um presídio para Roraima.

‘Trabalhos amorosos’ e um furto

Foto: Divulgação

Três mulheres foram detidas pela Polícia Militar, na manhã desta terça-feira (5) após furtarem uma quantia em dinheiro de um homem não identificado, nas dependências de um hotel, localizado na Rua Visconde de Mauá, no Centro da cidade.

O homem acionou a polícia, e informou que havia sido furtado por mulheres que contratou, para realizarem ‘trabalhos amorosos’, em um hotel.  O homem teve a quantia de R$ 1.350 subtraída da carteira. Durante a revista pessoal a elas nada foi encontrado, só que uma das mulheres não aguentou a pressão e revelou que o dinheiro estava escondido em um dos quartos.

As infratoras foram apresentadas ao 24ª Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais.

Busão e tiroteio na Torquato Tapajós

Foto: Divulgação

Quatro passageiras de um ônibus do transporte público foram baleados, na tarde desta terça-feira (5), durante uma tentativa de assalto, na Avenida Torquato Tapajós, Bairro Colônia Terra Nova, zona Oeste de Manaus.

Segundo informações da 20º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois homens, entraram no veículo com uma arma caseira, porém, o crime não deu certo. Na agitação, um suspeito conseguiu fugir e Lucielison Pereira Aguiar, 24, foi espancado pela geral do busão. As vítimas e o suspeito ferido foram levados para o Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na zona norte.

Duas mulheres, e a estudante Alciene Kelly Alves, 23, e uma terceira vítima, não identificada, foram atendidas no Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na zona Norte, e passam bem.

O gaiatinhon do busão foi encaminhado ao 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e vai aguardar a Justiça decidir o futuro dele.