Antônio Marcos Santos Lima, que tinha 35 anos, conhecido como “Cachorro”, foi executado em frente a casa onde morava na avenida Samambaia, bairro Jorge Teixeira zona Leste. O crime aconteceu por volta das 20h20, o local onde ele foi morto também funciona um restaurante.

De acordo com a polícia civil, a esposa de cachorro disse que estava na igreja quando o homicídio ocorreu, mas o marido teria sido socorrido por amigos e levado para uma unidade hospitalar. Mas morreu na unidade.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros foi até o local para falar com a família, que evitou conversar com a imprensa. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).