A CBF que contratar a sueca Pia Sundhage, bicampeã olímpica com os Estados Unidos, para comandar a seleção feminina. A entidade espera a resposta dela para a semana que vem. Após a eliminação na Copa para a França, Vadão não fica mais no cargo.

O trabalho da sueca é ótimo. Ela foi prata com a Suécia nos jogos do  Rio 2016, vencendo justamente a seleção brasileira. Será que ela levaria nosso time a títulos também?