Em um vídeo gravado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado Major Olímpio (PSL) afirmou que a tragédia na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, poderia ser minimizada se algum professor ou funcionário da escola tivesse armas. O massacre deixou ao menos dez mortos.

 “Se tivesse um cidadão armado dentro da escola, um professor, um servente, um policial aposentado lá, ele poderia ter minimizado o efeito da tragédia”, disse o Major Olímpio.

Para o deputado, o massacre deve fomentar o diálogo sobre segurança pública. Ele acrescenta que “o estatuto do desarmamento é uma farsa” e “tira o direito de o cidadão se proteger”. “Vamos, sem hipocrisia, chorar os mortos, vamos discutir a legislação, onde nós estamos sendo omissos”, finaliza.

Outros políticos e autoridades já se pronunciaram sobre o assunto. Até o momento, o presidente Jair Bolsonaro não fez nenhum comentário.