O médico Matheus Feitosa, que atende comunidades indígenas na região de Santo Antônio do Iça ((a 878.71 km de Manaus), é o primeiro caso confirmado de coronavírus no alto Solimões. Ele mesmo divulgou a notícia e disse que está em isolamento.  A Prefeitura decretou toque de recolher na cidade das 22h às 6h. As pessoas que tiveram contato com o médico também foram isoladas.

 

Confira a nota do médico:

Acredito ter contraído o vírus durante minha viagem aos estados de Santa Catarina e Paraná, ou ainda durante minha viagem de lancha até Santo Antônio do Içá. Cheguei em Santo Antônio do Içá no dia 18 de março de 2020, onde até então estava assintomático. Tive um pouco de tosse, onde prontamente fiz o uso de máscara e todos os protocolos de higienização durante meus atendimentos a fim de evitar qualquer contaminação aos meus pacientes. No dia 19 pela manhã, senti febre. E prontamente me isolei em casa. Onde estou até hoje 25 de março de 2020, data do resultado positivo do teste.
Agradeço a todas as pessoas pela preocupação, que mandaram msg, ligaram e que torcem pela minha saúde. E gostaria de dizer a essas pessoas que eu estou bem! E aos que procuram encontrar culpados, que façam sua parte ficando em casa para que possamos evitar ainda mais a disseminação desse vírus. Qualquer informação a mais a respeito da minha saúde, será comunicada pela Secretária Municipal de Saúde de Santo Antônio do Içá-AM”.

O Amazonas tem  54 casos. São 52 na capital e 2 em Parintins. Até apenas um óbito.