Em Tóquio, no Japão, um homem foi preso acusado de roubar dados do cartão de 1,3 mil clientes. Susumu Yusuke Taniguchi de 34 anos tem uma memória fotográfica e enquanto trabalhava aproveitava para decorar os números dos cartões de crédito dos clientes, além da data de validade e os códigos de segurança.

De acordo com a rede de televisão ANN, Susumu disse que adquiria objetos para depois revendê-los e conseguir dinheiro para pagar comida e outras compras. A polícia chegou até Susumu ao rastrear a compra de duas bolsas, que custaram R$ 2,5 mil cada. Para realizar a transação, o homem utilizou um cartão roubado. Ao chegar na casa do rapaz, a polícia encontrou o caderno e produtos comprados na internet.