DESDE 1998, TODOS OS GOVERNADORES FORAM PRESOS NO RJ

//DESDE 1998, TODOS OS GOVERNADORES FORAM PRESOS NO RJ

DESDE 1998, TODOS OS GOVERNADORES FORAM PRESOS NO RJ

Parece uma maldição que nem os braços abertos do Cristo são capazes de quebrar. A prisão de Pezão nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, dá prosseguimento a um ciclo cruel: desde 1998 todos os governadores da terra do samba foram presos por corrupção.   Anthony e Rosinha Garotinho e depois Sérgio Cabral viram o sol nascer quadrado em tempos diferentes. Desta vez, o atual chefe do Estado é acusado de embolsar R$ 39 milhões em propina.  Ele entra para a história como o primeiro a ser preso no exercício do cargo.

E PRESIDENTES DA ASSEMBLEIA TAMBÉM

O mesmo histórico se repete com os presidentes da Assembleia Legislativa, de 1995 a 2017: Sérgio Cabral, Jorge Picciani e Paulo Melodez. Também foram parar atrás das grades 70 deputados estaduais, cinco dos seis Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado e o procurador-geral do Ministério Público carioca, Cláudio Lopes. Não é de se estranhar que o Rio de Janeiro não consiga pagar salários aos servidores e esteja dominado pela violência.

NÃO ESTAMOS LIVRES

Nunca é demais lembrar o que aconteceu com o Amazonas, que viu o sistema de saúde sucumbir enquanto a polícia revelava os desvios na operação Maus Caminhos, que resultou na prisão do ex-governador José Melo e da qual até hoje o Estado não se recuperou.

NINGUÉM MERECE!!!

  • O senador Eduardo Braga (MDB-AM) continuará sendo investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na operação Lava Jato. A ação corre por conta de doações do grupo J&F nas eleições de 2014.
  • Marco Aurelio Choy foi reeleito para a presidência da OAB. Ele recebeu 2.290 dos votos válidos.

2018-11-29T17:22:38+00:00novembro 29, 2018|Fala Sério|