O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) doou mais de 370 máscaras cirúrgicas apreendidas em Manaus. Os produtos vão ser utilizados por profissionais dos hospitais 28 de Agosto e João Lúcio.

Os produtos foram apreendidos em fiscalizações e estavam sendo vendidos sem nota fiscal, a preços que chegavam a R$ 100 por caixa. O preço original era R$ 15,90.

Apreensões

Na última quarta-feira (25), o Procon apreendeu 5 litros de álcool 96° GL em um comércio no bairro Educandos, zona Sul da capital amazonense. O produto é utilizado como solvente em produtos farmacêuticos e não pode ser comercializado para higiene pessoal.

No bairro Chapada, zona Centro-Sul da cidade, os fiscais apreenderam dez máscaras PFF2, por falta de apresentação da composição de custo. A unidade do produto era vendida a R$ 35.

Denúncias

Dúvidas e denúncias podem ser repassadas pelas redes sociais do Procon-AM, pelos e-mails duvidasprocon@procon.am.gov.br e fiscalizacaoprocon@procon.am.gov.br, pelos telefones 0800 092 1512, 3215 4012, 3215 4015, 3215 4009, 99271-5519 (ouvidoria), e pelo site http://www.procon.am.gov.br.