Ter um cachorro que conversa com você sobre as próprias vontades e necessidades parece ser algo cada vez mais próximo da realidade, ao menos em partes. A americana especialista em patologias ligadas à fala, Christina Hunger, desenvolveu um aparelho para que sua cadela, Stella, “falasse”. A invenção da tutora conta com um teclado especial repleto de botões e cada um deles expressa uma palavra diferente.

Assim, a cachorrinha consegue combinar palavras simples e formar frases. O progresso mais marcante que Christina presenciou foi quando Stella apertou os botões “quero”, “Jake”e “venha”, insinuando que queria ver o noivo de Christina. Após ele chegar em casa, a cachorrinha pressionou o botão “feliz”. Um dos botões que Stella mais gosta de pressionar é “praia”, seu local favorito para passear.

Com apenas um ano e meio de idade, Stella parece estar se dado bem com a invenção e já sabe 29 palavras diferentes.

 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Last night, right before this video was taken, I accidentally said “ball” on Stella’s device while I was actually reaching for a different word. But, Stella took this very seriously! She picked up her ball, dropped it on her device, and said “Good” (Translation: Good idea, Mom!) • I started recording right after she said “Good” and caught the rest of her thought: “Happy ball want outside!” • Like all AAC users, Stella thrives when we talk to her using her device and say words that she loves. She never needs to know it was on accident! 😉 • • • • • #hunger4words #stellathetalkingdog #slpsofinstagram #speechtherapy #AAC #ashaigers #slp #corewords #SLPeeps #slp2be #aacawarenessmonth #earlyintervention #languagedevelopment #dogsofinstagram #dogmom #doglife #dogs #animalpsychology #doglover #dogvideos #sandiegodog #catahoula #blueheeler #smartdog #dogcommunication #mydogtalks #animalcommunication #interspeciescommunication #loveanimals

Uma publicação compartilhada por Christina Hunger, MA, CCC-SLP (@hunger4words) em

 

Fonte: Metrópoles