A sintonia de Gabigol e Bruno Henrique trouxe gols e um ataque fulminante ao Flamengo em 2019. Só que a dupla representa muito mais do que bolas nas redes, eles são sinônimos de idolatria. O sucesso em campo tem refletido nas arquibancadas e sósias surgem com a mesma intensidade que um goleiro não consegue defender um chute certeiro dos jogadores. Os fãs mirins ganharam força e já são reconhecidos como Gabigolzinho e mini Bruno Henrique em jogos e pelas ruas do Rio de Janeiro.

Os pequenos sósias são Emerson Rodrigues, de 5 anos, e Lucas Machado, de 6, amigos e companheiros da categoria Sub-7 de uma escolinha de futebol do Flamengo na Penha Circular, na Zona Norte. Foi em uma das aulas de futebol que a ideia da caracterização surgiu de forma espontânea com Emerson, que já comemorava seus gols como Gabigol: braços erguidos em um ângulo de 90 graus.