Um homem de 49 anos, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil (PC), foi preso na manhã desta quarta-feira (12/6), acusado de abusar sexualmente da própria neta. O crime aconteceu durante o ano de 2016 quando a criança tinha 8 anos.

A delegada Alessandra Trigueiro, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins, município distante 369 quilômetros em linha reta da capital, disse que o homem foi preso no município em cumprimento a mandado de prisão. “Ao longo das investigações, identificamos que o estupro aconteceu na casa do infrator. Quando os abusos se tornaram recorrentes, a criança informou à mãe e disse, na ocasião, que tinha medo do avô”, esclareceu.

Conforme a titular da DIP de Parintins, diante das informações, os familiares formalizaram a ocorrência na delegacia e os policiais civis iniciaram as diligências em torno do caso. “Após constatarmos o estupro, solicitei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dele. A ordem judicial foi expedida pela juíza Nayara de Lima Moreira Antunes, da 2ª Vara da Comarca de Parintins”, explicou.

O infrator foi preso na casa onde morava, situada no bairro da Francesa, em Parintins. Em seguida ele foi encaminhado à delegacia, onde foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na DIP de Parintins, ele será conduzido à Unidade Prisional de Parintins (UPP), onde irá ficar à disposição da Justiça.