Falso “Pastor” vai tufar a veia do pescoço em presídio

//Falso “Pastor” vai tufar a veia do pescoço em presídio

“Eu não consigo parar de estuprar” 

O terror da zona Norte foi preso, conhecido como o “tarado do Ben Hur” ou “tarado da bíblia” e sem um pingo do temor de Deus, o técnico de eletrônica Alder Ronaldo da Silva Maciel, 46, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (11), na sede do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O infrator foi preso pela equipe do 16º DIP na manhã de terça-feira, dia 10, por volta das 11h, na Travessa Ayrão, bairro Praça 14 de Janeiro, zona Sul da capital.

Como ele agia? 

De acordo com a delegada, Alynne Lima, as investigações em torno do caso foram iniciadas após uma jovem de 19 anos procurar a unidade policial para formalizar Boletim de Ocorrência (BO) por crime de estupro ocorrido no dia 8 agosto deste ano. Na ocasião, relatou que estava em via pública quando foi abordada por Alder.

Segundo a delegada, o autor durante ação criminosa simulava estar em posse de uma arma de fogo. “Ele exigia que as vítimas entrassem no veículo que ele conduzia. No interior do automóvel ele consumia o estupro e, sem seguida, abandonava as vítimas” afirmou a delegada.

Depoimento da vítima 

Em depoimento, a vítima forneceu características detalhadas do infrator e do carro utilizado por ele no dia do crime, então foi produzido um retrato falado. A jovem informou, ainda, que dentro do carro havia uma bíblia guardada no painel do veículo. No momento da prisão de Alder os policiais encontraram o objeto descrito.

Vários estupros na conta 

Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi constatado que o infrator responde a 11 processos na Justiça, sendo nove pelo crime de estupro. Diante disso, a autoridade policial representou mandado de prisão preventiva em nome de Alder.

O monstro confirmou a autoria dos estupros. Ele argumentou que não consegue parar de cometer os atos libidinosos. O carro utilizado pelo infrator no dia do crime pertence à companheira dele.

Alder foi indiciado por estupro e será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Posts Relacionados

2017-10-11T14:47:34+00:00 outubro 11, 2017|Manchete|0 Comentários

Deixar Um Comentário