O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, ao receber em reunião de diretoria o novo superintendente da Suframa, engenheiro Alfredo Menezes, desejou sucesso à gestão do coronel da reserva. “O êxito na Suframa será o nosso êxito”, disse Antonio Silva. Menezes pediu “uma carta de confiança” aos empresários e destacou os perfis dos próximos auxiliares que vão gerir as superintendências adjuntas de administração financeira, desenvolvimento regional, projetos e de operações da autarquia.

Menezes adianta que a equipe  gestora será formada por pessoas experientes e especializadas, que vão mostrar à sociedade um pouco da qualidade de seus trabalhos, que muitas vezes ela reconhece, mas não sabe como acontece. Sua base será formada em sua maioria por militares, exceto um já conhecido pela autarquia e ex-superintendente, com vasta experiência nos assuntos que dizem respeito a Suframa, que irá assumir a área de operações.

Entre ações a serem desenvolvidas em parceria com a FIEAM está o resgate do diálogo com todos os conselhos, inclusive com o Comitê de Agronegócios da FIEAM, em conjunto com a Federação de Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), para definir prioridades para a aplicação do orçamento 2020.

O asfaltamento das rodovias federais como BR-319 (Manaus-Porto Velho), BR-317 (Boca do Acre-Rio Branco) e BR-230 (Transamazônia), de acordo com Petrúcio, será defendido pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e pauta constante da Sepror. “O apoio da bancada federal e das entidades é de fundamental importância nessa ação”, pediu o secretário.