IDOSA MORTA JUNTO COM SOBRINHO TEVE A TESTA PERFURADA POR TESOURA

//IDOSA MORTA JUNTO COM SOBRINHO TEVE A TESTA PERFURADA POR TESOURA

IDOSA MORTA JUNTO COM SOBRINHO TEVE A TESTA PERFURADA POR TESOURA

A aposentada Arlete de Almeida, 70 anos, morta junto com o sobrinho Alexsandro Araújo, no Hiléia, teve a cabeça golpeada com tesoura. A vítima tinha sinais de ferimento na testa provocados pela tesoura. Os corpos foram encontrados na terça-feira, dentro dos banheiros da casa, sem roupa e com as cabeças esmagadas.

Até agora ninguém foi preso, mas a polícia dis que já tem um suspeito. A polícia acredita que um conhecido da família seja o autor do duplo homicídio, já que a casa não foi arrombada. Apenas dois relógios sumiram de lá. Havia sangue nas janelas e preservativos usados no chão. O relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) aponta a grande violência com a qual os dois foram assassinados.

Há dez anos o avô de Alexsandro foi morto na mesma casa, degolado com um fio de ventilador, em um assalto. Os corpos do sobrinho e da idosa foram encontrados por um amigo de Alexsandro, depois dele não aparecer no trabalho.

2018-12-06T11:45:45+00:00dezembro 6, 2018|Estado|