Gildo Peixoto Andrade, conhecido como “Docinho de Coco”, foi encontrado morto com sinais de agressões físicas, na manhã de terça-feira (11), na rua Pau-Brasil, no bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte de Manaus. O cadáver dele foi encontrado pela sobrinha, que está grávida.

A 15° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) disse que a vítima estava sentada no sofá e parentava ter marcas de agressões físicas. A casa não tinha sinais de arrombamento. A Perícia Criminal informou que o tórax, cabeça e pernas apresentava lesões.

Segundo a Polícia Civil, a vítima morava sozinha e era alcóolatra. Moradores disseram que estavam surpresos com a morte dele, pois, o homem era uma pessoa querida na vizinhança. O corpo dele foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)< investiga o caso.