Vinícius Mendes Paixão, 21, morreu e o comparsa dele, Judervan Ferreira dos Santos, 19, ficou feridos após serem baleados por bandidos que queriam roubar a motocicleta em que a dupla estava. O que a dupla de ladrões não sabia era que Vinícius e Judervan também estavam no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, cometendo crimes.

Carma, castigo, seja lá o que for, o caso inusitado aconteceu por volta das 20h, na rua P, e dupla sentiu na pele o significado de “Ladrão que rouba ladrão…”, e da pior forma possível. Conforme conta o tenente S. Carvalho da ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a dupla de ladrões azaradas estava na motocicleta cometendo arrastões na área. “A testemunha no local conta que que Vinícius e Judervan estavam roubando quando foi abordada por outros dois indivíduos armados que atiraram pelas costas”.

Vinícius morreu no local e Judervan foi para pilotando a motocicleta para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo.  A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), esteve no local do crime ouviu testemunhas, em seguida se dirigiu ao hospital. Antes de entrar na sala de cirurgia, o delegado plantonista da especializada, Fábio Silva conversou com Judervan que disse que os atiradores não eram justiceiros, mas outros assaltantes que tentaram roubar a moto pilotada por ele.

Até a publicação desta matéria o Boletim de Ocorrência não havia sido registrado, segundo a Assessoria de Imprensa da Polícia Civil. Não se sabe também o estado de saúde de Judervan.