A manauara Andréia Bispo de Oliveira, de 24 anos foi presa no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, quando tentava transportar drogas presa ao corpo. Andréia receberia R$ 1 mil pelo transporte da droga. Ela estava em um voo vindo de Manaus e com destino a São Luís. Apesar de a prisão ter acontecido na segunda-feira (13), só foi divulgado nesta sexta-feira (17).

À Polícia Federal (PF), ela disse que só aceitou fazer o transporte de entorpecentes, a pedido de um amigo, pois estava desempregada e passando necessidade. Na ocasião agentes da PF estavam selecionando pessoas aleatórias para responder a perguntas, entre elas estava a jovem. Durante as perguntas, ela disse que era revendedora de roupas e que iria passar de quatro a cinco dias em recife, mas a mulher não levava nenhum tipo de bagagem e não mostrou nenhuma prova que vendia roupas. Os policiais então decidiram fazer uma revista nela.

Foram encontrados quatro invólucros que pesavam aproximadamente 2,5 kg de maconha do tipo Skunk, presos ao corpo dela com fita adesiva. Celular, cartão de embarque e passagens.

Ela foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico interestadual de droga, passou por audiência de custódia e foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina, onde cumprirá prisão preventiva.