Já que não há como segurar, a rainha Elizabeth deu seu aval para que o príncipe Harry e a esposa, Meghan, separem suas vidas da Família Real. “Minha família e eu respeitamos totalmente o desejo de Harry e Meghan. Embora tivéssemos preferido que eles continuassem trabalhando como membros da família real em período integral, respeitamos e entendemos seu desejo de viver uma vida mais independente, mantendo uma parte valiosa da minha família”, alega.

Os dois passarão um tempo de transição até se liberar totalmente. “Esses são assuntos complexos para a minha família resolver, e ainda há trabalho a ser feito, mas eu pedi para que as decisões finais sejam feitas nos próximos dias”.