Meu primo do coração 

//Meu primo do coração 

 

 

O principal suspeito do assassinato do vendedor Ivens Oliveira Spíndola, de 20 anos, é o seu próprio primo, um adolescente de 17 anos. A bronca foi a seguinte, na noite da terça-feira, 28, Ivens foi esfaqueado no pescoço, segundo testemunhas, momentos antes os dois primos teriam discutido. No momento da treta, a vítima estava de ‘boas’ na casa de uma tia, localizada na Alameda A2, no bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste da cidade. Ninguém sabe ao certo o que levou a discursão, mas parece que Ivens não quis entregar um objeto para o adolescente que ficou logo puto e deu três facadas no pescoço, abdômen e tórax. O vendedor chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo.Os Policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local do crime investigar, mas o adolescente sumiu do mapa, escafedeu-se, tomou doril e até o momento ninguém sabe dele.

Apaixonados pelo crime

Alan dos Santos Bezerra e Leonardo da Silva Lima, ambos de 22 anos, formam uma dupla muito apaixonada pelo que faz, a especialidade deles é assaltar micro-ônibus e vans, mas na manhã da quarta-feira, 29, a Polícia Militar (PM) estragou os planos dos meliantes que foram presos no bairro Colônia Terra Nova, na Zona Norte, enquanto tentavam colocar em prática mais um roubo para colocar na lista de crimes. Com os dois homens, a PM apreendeu uma arma adaptada calibre 16 com uma munição intacta. A dupla foi levada para o 18° Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Novo Israel e serão autuados em flagrante por roubo e porte ilegal de arma de fogo. O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) definirá os dois ficarão presos ou se responderão pelo crime em liberdade.

A mala é falsa amor

 

Nesse caso não é a mala que falsa, mas o documento de Registro de Exportação de 12 mil peixes que foi adulterado por um despachante no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes na tarde da terça-feira, 28. A Polícia Federal realizou a prisão do funcionário. Segundo a Polícia Federal, no documento apresentado constavam apenas 1,2 mil peixes da espécie Paracheirodon Axelrodiseram, mas, após uma análise dos auditores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foi verificado que a quantia real de peixes que seria exportada era de 12 mil. O homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização do exame de corpo de delito e passará por uma audiência de custódia.

Não tem cadeia para delegado 

 

Nenhum presídio do Amazonas tem dependência segura e isolada para alocar o policial Civil Gustavo Sotero, informou a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Sotero assassinou a tiros um advogado e feriu outras três pessoas dentro do Porão do Alemão, na Zona Oeste. A Seap afirma que o sistema penitenciário do Amazonas não encontra-se totalmente estabilizado, fato que seria de conhecimento do poder judiciário, ministério público e demais autoridades da segurança pública estadual. O delegado foi submetido a uma audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida para prisão preventiva. Após a audiência de custódia, o delegado foi encaminhado para carceragem da Delegacia Geral, em Manaus.

Sequestro ‘the flash’ 

Do nada, um taxista foi vítima de um sequestro relâmpago na Avenida Torquato Tapajós, dois homens e dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram os responsáveis pelo crime.  A Polícia Civil informou, que “durante patrulhamento, os policiais militares avistaram o veículo em atitude suspeita e decidiram efetuar a abordagem. Durante revista no interior do veículo, foram encontradas duas pistolas de ar comprimido, uma faca, 10 cartuchos calibre 28, uma espingarda calibre 28 e dois celulares”, afirmou o comunicado.

Os dois homens foram identificados com Elvis Júnior Freitas Pinho, de 26 anos e Jonatas Rodrigues Flores, de 25, eles foram presos e os dois adolescentes apreendidos por roubo tentado. A vítima prestou depoimento no 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP).