O ex-presidente Michel Temer deu uma declaração rápida ao jornalista Kennedy Alencar, assim que ficou sabendo que seria preso. “Minha prisão é uma barbaridade”, falou ao telefone. “Estou cercado de policiais federais”, concluiu.

Michel Temer é suspeito de receber R$ 1 milhão em propina. O ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, também foi preso pela Lava Jato do Rio de Janeiro.  Eles vão para o Rio de Janeiro. Até o momento as defesas dos dois não se manifestaram sobre a prisão