O ASSALTO QUE NÃO DEU CERTO

//O ASSALTO QUE NÃO DEU CERTO

O ASSALTO QUE NÃO DEU CERTO

Três pessoas foram presas com uma arma de fogo e ainda iriam cometer assalto a um motorista de aplicativo, que foi salvo por policiais da Força Tática, na madrugada de sexta-feira (7), na Avenida do Turismo, no bairro Tarumã, na zona Oeste de Manaus, por volta de 1h15. Lucas Mota Butel, 21; Abraão Martins de Oliveira, 18 e Keise Aquiar da Silva, 20 estavam com atitudes suspeitas quando foram abordados.

De acordo com os policiais militares que faziam patrulhamento de rotina, o trio estava em um veículo de modelo Gol, cor branca e placas PHM-7664, que foi avistado pelos PM’s. Os três demonstraram nervosismo com a aproximação da viatura e Força Tática decidiu pará-los. Em posse de Lucas foi encontrada uma arma de fogo calibre 380 com numeração suprimida e cinco munições intactas.

O condutor do veículo de nome não revelado, disse que estava fazendo apenas uma corrida para o trio depois de ser solicitado através de um aplicativo e que não sabia da origem da arma. Os três suspeitos foram encaminhados ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Na delegacia foi visto que Lucas já tem passagem pelo artigo 157 do Código Penal Brasileiro, que descreve assalto a mão armada, estava em liberdade e estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Lucas dessa vez foi flagranteado com os amigos por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

2018-12-07T12:15:24+00:00dezembro 7, 2018|Boletim de Ocorrência|