A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que já existem “sinais encorajadores” da desaceleração da pandemia do coronavírus na Europa. As informações são do diretor do braço europeu da OMS, Hans Kluge.

No entanto, a organização afirma que novos picos podem acontecer assim que as restrições forem suspensas. Então a OMS recomenda que o continente se prepare para novas ondas da doença.

Atualmente a Itália e a Espanha são os países mais atingidos pelo vírus. Os países asiáticos até o momento se mostraram os mais eficientes para conter a epidemia.