A Polícia Militar prendeu os policiais da Força Tática envolvidos informa que cumpriu, na tarde desta quinta-feira (11), a prisão por força de mandado judicial dos policiais da Força Tática, envolvidos na ocorrência que resultou no desaparecimento do Bruno Vasconcelos de Almeida, fato que ocorreu  na noite do dia 13 de junho.

O juiz da Auditoria Militar Estadual Alcides Carvalho Vieira, mandou recolher os policiais aos quartéis da Corporação. Eles já estavam afastados desde o ocorrido. Em nota, a PMAM diz “que não compactua com abusos e excessos que contrariem a lei e a ordem, com o dever de sempre servir, proteger e preservar os direitos individuais e coletivos visando o bem comum. Todos os elementos apresentados durante o processo investigatório serão rigorosamente apurados na forma transparente que o caso requer, porém, será dado aos policiais o direito ao contraditório e ampla defesa”.

Bruno Vasconcelos de Almeida sumiu na madrugada do dia 13 de junho. Apenas a placa do carro dele foi encontrada e um vídeo de câmeras de segurança mostra policiais usando o carro do rapaz em uma abordagem, na qual eles prendem um homem e logo depois uma viatura da PM chega para dar cobertura.