A gestante Gabriela Monteiro Pedrosa, 38, foi encontrada morta na sala da casa onde morava com o marido na noite desta terça-feira (10), localizada na rua 7, bairro Alvorada I. Com idade gestacional de aproximadamente 6 meses, o que chamou atenção dos médicos foi os hematomas que ela tinha no corpo.

De acordo com o relato do marido à polícia, ao chegar à residência bateu na porta da sala, porém a companheira dele não abriu a porta. A partir disso, ele abriu com a chave que ele tinha e ao entrar encontrou a mulher caída no chão da sala. Gabriela chegou a ser socorrida e encaminhada a uma unidade hospitalar da capital, onde foi constatado o óbito.

POLÍCIA QUER SABER O QUE ACONTECEU

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), estiveram na casa de Gabriela examinaram tudo e não identificaram nenhum sinal de luta corporal. Agora somente um exame de necropsia vai revelar de fato o que aconteceu com a mulher.

O corpo foi removido para Instituto Médico Legal (IML), para exames mais aprofundados.