Katiane Andrade Pontes, de 38 anos, aplicava golpes e sequestrava advogados criminalistas em Manaus. De acordo com a polícia, ela agia em parceria com, aproximadamente, mais oito comparsas que a auxiliavam. Katiane foi presa e será indiciada por roubo majorado e associação criminosa.

Cinco advogados, vítimas da suspeita, foram ouvidos em inquéritos diferentes. “Antes de ir ao local da audiência, ela pede uma carona do advogado para ir em casa buscar dinheiro. No carro, ela sacava uma arma e pedia que a vítima dirigisse até uma rua perto da bola do produtor (na Zona Leste). Lá tinham entre 8 a 12 pessoas esperando. Há relatos de que pelo menos cinco deles [comparsas] estavam armados”, disse o delegado da Delegacia Especializada em Roubos, Furto os e Defraudações, Guilherme Torres.

As vítimas informaram para a polícia que, após roubar, Katiane ainda ligava ameaçando os advogados de morte caso procurassem a polícia. Katiane será encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminina (CDPM), na rodovia federal BR 174.