O lateral-direito Rafinha, do Flamengo, teve alta do Hospital, na Barra da Tijuca, na manhã desta terça-feira. O jogador foi submetido a uma cirurgia na face, para fixar a fratura do arco zigomático, o chamado “osso da bochecha”, após choque com o atacante Rony, do Athletico Paranaense, no domingo, pelo Brasileirão . O procedimento foi bem-sucedido, segundo o chefe do Departamento Médico do clube.

Na quinta-feira, Rafinha se apresenta no CT do Flamengo, no Ninho do Urubu, para iniciar o processo de fisioterapia e ser reavaliado. O clube não tem prazo para o jogador volta a atuar porque, segundo Tannure, cada atleta reage de uma maneira diferente.

O lateral-direito está fora da partida contra o Fortaleza, nesta quarta-feira, pelo Brasileiro, mas a tendência é que esteja em campo contra o Grêmio, pela Libertadores, no dia 23 de outubro, no Maracanã.