REGALIA PARA EX

//REGALIA PARA EX

REGALIA PARA EX

Amazonino Mendes conseguiu um mimo e tanto no apagar das luzes. A pedido dele a Assembleia Legislativa do Amazonas aprovou o uso de sete servidores militares e três civis para cada ex-governador do Estado. Ou seja, ele mesmo, José Melo, enquadrado pela Maus Caminhos, David Almeida, que exerceu o chamado governo-tampão, Omar Aziz e Eduardo Braga, terão o direito de se servirem do Estado para uso particular. O único deputado que votou contra o presente de fim de ano foi Serafim Corrêa.

ALMOÇO COM O GOVERNADOR

O governador eleito Wilson Lima é o convidado de honra do almoço oferecido pela  Associação Amazonense dos Municípios (AAM), no qual todos os prefeitos do interior terão a chance de encontrar pela primeira vez com Wilson após as eleições. Lembrando que dos 62 prefeitos, 58 apoiaram Amazonino Mendes. No cardápio será servido um prato indigesto, já que o Estado tem rombo de R$ 1,5 bilhão e o interior ficou entregue às moscas e às baratas nos últimos meses.

 

CONTAS ASFIXIADAS

Assim como grande parte dos brasileiros faz no final do ano, quando na empolgação das festas aumentam as dívidas e deixam para depois como farão para pagá-las, o Conselho Monetário Nacional (CMN) liberou geral e resolveu permitir que estados, municípios e o Distrito Federal emprestem R$ 24,5 bilhões em 2019. Desse total, R$ 11 bilhões em empréstimos poderão ser feitos sem garantia. O Governo Federal que se vire com os calotes.

2018-12-20T15:42:27+00:00dezembro 20, 2018|Fala Sério|