O Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom) classificou como “arte” a cena de enforcamento protagonizada pelo professor Ivan Viana do Nascimento. Ele foi preso na manhã desta terça-feira, após parar o trânsito da avenida André Araújo, no Aleixo, ao simular um suicídio em protesto que faz parte da greve dos docentes. O advogado do Sindicato foi ao 1º DIP e conseguiu a liberação do professor.

Nas redes sociais o professor foi alvo de muitas críticas, mas também ganhou apoio de seguidores pela atitude. O certo é que até agora os alunos seguem sem aula e os professores sem o reajuste pretendido, que era de 15% , contra 4% oferecido pelo Governo de Wilson Lima.