O fim da tarde e começo de noite foi de pânico, tiros, correira e um morto dentro do T1. Um homem identificado como Fábio Rogério Vilhena foi assassinado na frente dos passageiros, ambulantes e rodoviários que estavam dentro do terminal de ônibus mais movimentado de Manaus. Ele levou seis tiros, sendo um na cabeça, todos disparados por matadores que estavam dentro de um Cobalt de cor preta.

Na hora dos tiros houve muita gritaria, correria e pânico das pessoas, que não sabiam de onde vinham as balas. Outro homem foi ferido e levado para o SPA do São Raimundo, mas até agora ele não foi identificado. A vítima possuía passagem pela polícia, que trabalha com a hipótese de acerto de contas entre criminosos.