Uma briga entre duas amigas terminou em facadas. A estudante Adrielly Pereira Pinheiro de 20 anos, quase mata a melhor amiga após um desentendimento entre as duas. A outra estudante, Marina Saraiva Calil, 18, levou facada na região da barriga. O atentado aconteceu por volta das 18h, rua Boa Vista, nas proximidades da orla do São Raimundo, zona Oeste de Manaus.

De acordo com o sargento Geber da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a briga aconteceu embaixo da ponte de Aparecida. “Quando nossa equipe chegou ao local, a vítima já tinha sido esfaqueada na região do abdômen. Ela foi socorrida e levada ao SPA do São Raimundo e depois transferida ao Pronto-Socorro 28 de Agosto onde passa por procedimentos médicos”, disse o sargento.

 

FACADAS, REMÉDIO PARA QUEM É GAIATO

Já a autora das facadas se defendeu e disse que avisou Marina, mas ela não quis ouvir. “Eu falei pra ela que se ela não parasse de mexer comigo eu ia esfaquear ela. Aí ela tava me esperando em um beco escuro, lá perto onde eu moro, no flutuante. Tava escuro e eu não sabia se ela tava armada ou não, aí eu fui com a faca”, conta Adrielly.

Questionada se o motivo da briga seria namorado ou qualquer outra coisa, Adrielly é incisiva: “Não, é gaiatice dela mesmo”.

 

BRIGA COMEÇOU NAS REDES SOCIAIS

Valesca Santos irmã da vítima também esteve na delegacia e disse que a briga das duas iniciou com troca de “farpas” nas redes sociais e que o encontro para as vias de fatos foi marcado pelo Facebook. “Ela veio mais cedo na minha casa eu disse que Marinha não estava, ela ameaçou voltar e eu respondi: Se for só pra bater pode voltar! Minha irmã é usuária, mas nunca ficou encrencando com essa mulher (Adrielly), ela é quem ameaçava. As duas eram amigas e são usuárias de drogas, eu não sei o que exatamente aconteceu para elas ficarem brigadas. O estado de saúde da Marina é grave, ela sangrou muito, espero que fique bem”, disse Valesca.

Adrielly foi encaminhada ao 19°Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi apresentada e a ocorrência registada. Ela responderá por homicídio tentado.