Acusado pelo técnico Jesus de mandar o time do Botafogo bater nos jogadores do Flamengo e parar o jogo com faltas, o técnico do Botafogo, ALberto Valentim, disse que o treinador deveria se calar.  “Jesus falou uma grande bobagem, devia ter ficado de boca calada. Nosso time veio para jogar, fomos aguerridos, estão de parabéns. Tomamos um gol no fim, falou bobagem grande, não precisava. Cuida do time dele, que está bem. Ninguém veio para bater ou caçar alguém. Gostei da equipe, foi um pecado tomarmos o gol. A expulsão nos dificultou”.

Ele jura que não mandou o time ser violento. “Quem conhece meu trabalho sabe que não faço isso. Não é perfil do nosso elenco caçar jogador. Os árbitros hoje estão rigorosos, tem o VAR para ajudar. Por isso ele falou uma grande bobagem. Fomos bem sim. Para jogar contra uma grande equipe tem que unir as duas coisas, fase defensiva muito forte na marcação e também com a bola”, completou Valentim em sua entrevista coletiva.