Zico está no Japão e de lá ficou sabendo da tragédia que tirou a vida de dez jogadores das categorias de base do clube. O maior jogador da história do Urubu se solidarizou com as famílias e pediu apuração sobre o que aconteceu no Rio de Janeiro.

“Que tragedia essa com a base do Flamengo. Que choque receber essa noticia aqui do outro lado do mundo. Que tenha sido uma fatalidade. Que Deus conforte os familiares que perderam seus filhos,netos , irmãos, sobrinhos, enfim,  parentes. Meninos que sonhavam com um futuro em suas vidas e muitos sem duvida em ajudarem suas familias. Que se apure tudo pois uma tragedia dessas não pode passar em branco. Vidas se foram. Que a Nação Rubro-negra tenha forca e fé para superar esse momento”.

Zico ganhou tudo o que podia com a camisa do Flamengo e foi um dos jovens que nos anos 70 morou no Flamengo, exatamente como os meninos que morreram no incêndio.